quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Castrar com que idade?


Muitas pessoas não acham certo castrar filhotes e preferem que os mesmos tenham ao menos o primeiro cio. Eu, particularmente, discordo da questão. Castração é um procedimento ético e legal de acordo com a Associação Humanitária Americana(American Humane Association) endossada pela Associação Veterinária Americana(American Veterinary Medical Association) e diversas outras.
A PROBEM trabalha com a linha da castração precoce (esterilização a partir de 8 semanas de vida) desde sua fundação em 2007, sendo que a experiência demonstrou que essa é a melhor prática. A castração pediátrica não traz prejuízos a saúde, é mais econômica e o animal tem melhor resposta na recuperação pós cirúrgica. Os riscos são inerentes a qualquer cirurgia desta monta.

A idade mínima para castração de cães e gatos é 8 semanas ou se o animal tiver pelo menos 1 kg de peso vivo.
A castração precoce tem suas vantagens como recuperação mais rápida , menor tempo cirúrgico e principalmente você poder doar os animais já castrados e garantir que estes não se reproduzam indiscriminadamente . Mas deve-se tomar maiores cuidados qto à anestesia , evitando jejuns prolongados e evitando hipotermia ( queda de temperatura ).Recomenda-se o método minimante invasivo ( gancho )na castração de filhotes .

Por isso quanto antes castrar o animal melhor para ele e melhor para você!!!

__________________
até a proxima!!!

11 comentários:

  1. é isso aí belka!
    Quanto antes castrar melhor!

    ResponderExcluir
  2. é prima...reforçando minha opinião, castrar é um ato de amor!

    ResponderExcluir
  3. Minha amiga, antes de ler as postagens do seu blog eu achava que a castração era uma crueldadde com os animais. Hj, depois de tds as suas informações eu já tenho uma outra ideia a respeito e vejo q castrar é a melhor solução na maioria dos casos. grande abraço e assim q possivel, visite os meus blogues q tão com novas matérias ok

    ResponderExcluir
  4. eu apoio a castração de filhotes!
    Quanto antes melhor pois acredito que sofrerão menos...

    ResponderExcluir
  5. pow deixa os pobres serem felizes com os trouxinhops deles...

    ResponderExcluir
  6. acredito que depois do primeiro cio é mais viável...apesar dos riscos!

    ResponderExcluir
  7. Errado!!! A castração é super importante e tdos sabemos disso, mas castrar um animal precocemente pelo simples motivo de vc não tem como acompanhá-lo está totalmente errado. Um gato ou gato só podem gerar filhotes no mínimo com 6 meses, cachorros e cadelas com no mínimo 5 meses. A natureza é mto sábia, nessa idade é qdo os mesmos estarão com tdos os orgãos e caminhos do trato urinário realmente desenvolvidos. São inúmeros os casos relatados por vets de renome de problemas urinários em animais castrados precocemente. Tenho q lhe falar q essa matéria é um desserviço aos animias. Vc está transferindo o seu problema de não ter como acompanhar os animais após adoção, p os peludos, q não tem nada haver com isso. Castração em "crianças não existe", aguarde a idade correta p castrar seu animal.

    Victor

    ResponderExcluir
  8. Hj muito se fala da castração pediátrica mas a dificuldade de encontrar um vet que faça essa cirurgia é muito grande,eu sou completamente a favor mas não encontro um vet que faça.Será que vcs tem contato de algum para me passar?

    ResponderExcluir
  9. cuidado, a castração com gancho pode vir a dar piometra de coto

    ResponderExcluir
  10. Boa noite. Estou numa situação que preciso muito de opiniões de médicos experientes...
    Tenho uma gatinha que está comigo desde que era bebê, hoje ela tem 14 anos +/-, foi nossa primeira pet e única até 1 ano e meio atrás...
    Pegamos porque temos uma filha que na época tinha 4 anos e achávamos importante um bichinho para ela. Mas ela também é nossa filha única e talvez por isso e por inexperiência, não deixávamos que elas tivessem muito contato, a gatinha não subia na cama e nem na mesa, e não sei se por isso ela nem gostava de muito carinho...
    E meu marido tinha muita dó de fazer uma cirurgia nela e não conseguia nem pensar na hipótese de castrá-la. Ela nunca saiu de casa e nem gosta da porta, se tiver aberta ela só olha de longe, nem de janela gosta muito, mas as vezes fica olhando por ela, não liga se gato miar lá fora, nem se estiver na janela e um gato passar também nem se move...
    Mas depois que peguei um casal de irmãozinhos bebês, ela fica no cio constantemente. Já castrei os dois bebês, mas ela e o menino vivem se estranhando. E ela quase não sai do cio.
    Falei com a veterinária que castrou meus bebês e ela disse que devido a idade dela não seria aconselhável fazer a cirurgia, pois tinha riscos de vida devido a anestesia, que se fosse preciso um dia fazer alguma cirurgia então faria as duas de uma vez...
    E também ela não gosta de gente, ouve a campainha e corre para se esconder e se alguém for em casa ninguém consegue vê-la, por isso também tenho medo de enfiá-la numa caixinha e levá-la pela rua e outra pessoa manuseá-la, tenho medo que tenha um ataque cardíaco...
    Se tiver que levá-la para castrar e depois ter que levá-la de novo para tirar pontos e ter que dar remédio para ela, isso nunca aconteceu antes...
    Vi a respeito da castração por gancho e achei que talvez fosse o caminho para ela, mas moro em Santos e não sei quem faz essa cirurgia. Castrei os bbs no Guarujá por indicação de uma amiga e gostei muito, porque o menino não precisou tirar ponto e não precisei dar remédios para nenhum dos dois...
    Gostaria de saber a opinião de vocês sobre minha gatinha Bijú, se devo castrar ou é melhor não arriscar, nao quero que ela corra risco de vida.

    ResponderExcluir