terça-feira, 23 de novembro de 2010

Cinomose e Parvovirose


São duas doenças comuns em cães não devidamente assistidos pelo proprietário ou de rua. Abaixo seguem alguns de seus principais sintomas:

Cinomose: é uma doença transmitida por vírus e aparece apenas em cães. A infecção pode se dar por via digestiva ou respiratória.
Em caso de contágio, o cão pode ter conjuntivite e ficar com febre alta. Depois de alguns dias, o animal pode apresentar quadro de diarréia e a contração involuntária de qualquer ramo muscular do corpo (semelhante ao que chamamos de “tique”).
A prevenção é feita por meio de vacinas que o cão deve tomar durante toda a vida. O tratamento para animais infectados é complexo e nem sempre apresenta um resultado satisfatório. Por tratar-se de uma doença que atinge vários órgãos, a cinomose pode deixar seqüelas ou matar o cão.

Parvovirose: também é transmitida por vírus e é mais comum em filhotes. A doença é transmitida por via oral e inalatória, por meio do contato com material fecal de algum animal contaminado.
A parvovirose causa vômitos e diarréias hemorrágicas no animal e pode ter conseqüências sérias por conta da desidratação.
O tratamento requer internação e medicação. O animal costuma responder bem ao tratamento, mas, em caso de ser contaminado ainda muito novo, a doença pode prejudicar seu desenvolvimento.


Dúvidas frequentes:

Um filhote deve tomar no mínimo três doses de vacina contra cinomose. Mas após a primeira dose ele já está protegido?
Não, pois as primeiras doses de vacina podem ser neutralizadas pelos anticorpos maternos contra cinomose que os filhotes adquirem ao mamar o colostro (leite produzido pela mãe nos primeiros dias de amamentação). Por isso, é importante manter o filhote longe de outros cães e de ambientes contaminados até que sejam dadas as 3 doses de vacina. É importante lembrar que todos os filhotes devem mamar o colostro, pois ele é fonte de anticorpos que o protegerão contra diversas doenças

Fonte da notícia: e-mail recebido da Lista de cachorreiros de Manaus


_____________________

Até a próxima!

13 comentários:

  1. vários filhotes de cachorro que peguei morreram vítimas dessa cinomose...é muito triste como eles morrem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou autora dessa receita do Quiabo contra Parvovirose e Cinomose,que aliás é uma dica muito valiosa para quem não quer passar pelo desespero de perder seus amigos caninos.
      GENTE pesquisem , vejam os depoimentos ai na internet .Desde 2008 ao postar essa receita,ela já salvou muitos cães e um dele pode ser o seu,pode confiar que não faz mal algum...
      Lembrando que podendo leve ao veterinário.
      Os meus cheguei a cuidar tão somente com o suco,mas não aconselho pois sem um diagnostico a doença pode ser outra ou vim acompanhada de outros problemas,mas uma coisa eu garanto não faz mal algum ao seu cão.


      SALVE O SEU CÃOZINHO!

      Remédio natural e infalível contra
      cinomose e parvovirose.

      Acredite seu cãozinho pode ser salvo até no estagio alto
      da doença "quando caído, sem comer, e começando a evacuar aquele sangue fedido".
      Faça um suco de quiabo com agua batido no liquidificador:
      Uns 6 a 8 quiabos com uns 600ml de agua. Bata bem batido.
      Abra a boca do cãozinho e despeje garganta á dentro o quanto mais
      for possível do suco. Aos pequenos ou filhotes , usar seringa sem ponta.Faça isso umas 2 ou 3 vezes ao dia. Importante dar o conteúdo todo da receita em um único dia.

      Excluir
  2. Opá, tou de volta hehehe... em primeiro lugar gostaria de ddizer que fui na barraca do GPA domingo passado só que vc nào tava, estava com umas colegas da facu e elas ficaram doidas pra adotar um animal hehehe.... bonito o trabalho de vcs, parabéns.
    E parabéns pelo blog tbém, sempre divulgando e informando sobre coisas interessantes, eu por exemplo não conhecia essas duas doenças. agora, gráças a vc sim. grande abraço amiga

    ResponderExcluir
  3. essa cinomose é uma praga!Quando se instala no ambiente,msm depois de desinfetado é risco para animais não imunes ao vírus. Meus filhinhos já sofreram disso. Um que tinha a doença morreu. E o outro que se contaminou com a doença do que morreu, ficou secuelado...

    ResponderExcluir
  4. Onde posso adotar um anjo de 4 patas. Recentemente perdi minha Jojo. E agora a amiguinha dela esta com depressão.Foi muito triste eu segurando o corpo da minha amiga (minha relação com a Jojo não era de dona e cachorro- eramos amigas) e a minha caçulinha Bibi se aproximando do corpo da amiga e cheirando ela, me olhando como que perguntando porque a amiguinha não acordava. As vezes ela fica sentadinha como que guardando o tumulo da minha jojo. Ela não se alimenta, só fica encolidinha no canto.

    ResponderExcluir
  5. minha cachorrinha faleceu hoje de cinomose, nao por discuido meu mas sim porque eu nao sabia que existiam vacinas que previnem essa doença, na verdade nao sabia nem que essa doença existia... estou muito triste por isso, ela ja estava comigo a dez anos...gostaria que divulgassem mais essa doença e a vacina também, pois isso nao deve ter acontecido apenas comigo... obrigada.

    ResponderExcluir
  6. gente qria sabe c a cadela deve ser vacinada contra cinomose antes ou depois da gestação?
    me respondam rápido por favor!!!!!!(c puderem)

    ResponderExcluir
  7. a cadela ou qualquer outro animal deve ser vacinado após 45 dias de vida, geralmente filhotes são muito vulneráveis ao vírus, por isso recomenda-se o quanto antes melhor! O prazo mínimo é de 45 dias após o nascimento do filhote!

    ResponderExcluir
  8. olá. é bom ver este blog com este assunto, pois a gente se sente menos só.
    Minha Lolita se foi no domingo último - 13 de fevereiro. no hospital veterinário nenhum doutor mencionou cinomose ou parvovirose, mas agora, fuçando na internet, acho que parvovirose ela teve, sem dúvida, e cinomose eu não sei, mas acho que sim.

    Ver minha Lolita ir-se é uma das coisas mais tristes que eu já vi na minha vida, eu eu tenho 47 anos.

    Eu sou graduada, tenho filha, experiência. Mesmo assim, não consegui livrar minha Lola disso. Sinto uma dor sem fim. Vou falar para quem tiver cães sobre esses virus, a fim de ajudar a evitar que outras pessoas e outros cães passem pela dor que passamos, eu, minha família e a minha eterna amiga Lolita.

    ResponderExcluir
  9. Gente nunca desistem!
    minha cachorra teve cinomese! levamos a 2 veterinarios, eles queriam sacrifica - la disseram que a doença já havia afetado o sistema nervoso... e ela só iria sofrer...
    ela não conseguia mais se levantar, nãocomia , fazia suas nessedidades nela mesma!os veterinarios disseram que era IRREVERSIVEL!
    mais eu i minha mae nunca desistimos! davamos 24 h comida e agua na boca dela!limpavamos smepre ela quando ela fazia o xixi e o coco
    teve uma veterinaria que quis cuidar!quis tentar!
    ela se recuro!VOLTOU A ANDAR, CORRER!
    QUEM QUISER EU MOSTRO O VIDEO DE RECUPESAÇAO DELA!
    A VETERINARIA DISSE QUE A RECUPERAÇAO EH RARA! MAS ELA CONSEGUIU
    QUALQUER COISA PEÇAM O VIDEO

    ResponderExcluir
  10. minha cachorra morreu com cinomose moro em apartamento sera que ja posso arrumar outro cachorra?

    ResponderExcluir
  11. SALVE O SEU CÃOZINHO!

    Remédio natural e infalível contra
    cinomose e parvovirose.

    Acredite seu cãozinho pode ser salvo até no estagio alto
    da doença "quando caído, sem comer, e começando a evacuar aquele sangue fedido".
    Faça um suco de quiabo com agua batido no liquidificador:
    Uns 6 a 8 quiabos com uns 600ml de agua. Bata bem batido.
    Abra a boca do cãozinho e despeje garganta á dentro o quanto mais
    for possível do suco. Faça isso umas 2 ou 3 vezes ao dia. Garanto logo ele levanta com uma fome de leão e logo vc o vera todo serelepe(animadíssimo).
    Ajude-me a divulgar esse remédio pra outras pessoas, seria tão bom se todos que gostam de cães jamais perdessem seu amiguinhos dessa doença...
    tendo um remédio tão simples e tão eficiente."

    ResponderExcluir
  12. Atenção!
    Eu tratei o meu cachorro de cinomose com Vitamina A e levando ao veterinário para dar antibióticos e baixar a febre. Com febre os cachorros se recusam a comer. As informações abaixo vem da wikipedia, que diz que de acordo com um artigo científico o tratamento com a Vitamina A funcionou em 100% dos casos. Ainda a wiki, diz que a dosagem suportada por cachorros de Vitamina A seria de 300.000 UI/kg, o meu cachorro tem 20 kg e eu dei mais ou menos 300.000 UI por dia, em comprimidos de 50.000 UI cada, por 1 mês, levando para o veterinário para tratar os outros sintomas, funcionou para o meu cão. Segue as informações:

    "A primeira constatação foi quando a indução de altos níveis séricos de Vitamina A, que é um tratamento ostensivamente utilizado para tratamento de sarampo, produziu um efeito de 100% de cura em animais experimentalmente infectados. O grupo que não recebeu a suplementação todo veio a óbito."
    "A constatação da eficácia da Vitamina A no tratamento da cinomose encontra nos carnívoros, especialmente nos cães, um aliado excepcional, que é sua capacidade de conversão da Vitamina A em ésteres não tóxicos. Para os cães em especial existe um valor de referência para mensurar o risco da hipervitaminose, um estudo realizado nos Estados Unidos constatou que é preciso uma dosagem de 300.000 UI/kg diária, durante trinta dias, para que os primeiros sinais de hipervitaminose apareçam; e é preciso sessenta dias de ingestão dessa dosagem para levar o animal a óbito."

    ResponderExcluir